Desenvolvimento de novas coberturas plásticas Politiv, em estufas mediterrânicas
Desenvolvimento de novas coberturas plásticas Politiv, em estufas mediterrânicas

Resultados Agronômicos
Cultivo de tomate 2019-2020

Durante 2019 e 2020 em conjunto com a Universidade de Almería realizamos uma investigação cujo principal protagonista são os nossos plásticos com tecnologia Diamante15. O objetivo principal é demonstrar o comportamento das lavouras sob esses plásticos e seus benefícios para o agricultor.

Nesta primeira fase da pesquisa trabalhamos com a cultura do tomate na região de Almería. Demonstrou-se que os plásticos Diamante15 melhoram a distribuição da luz, a quantidade e diferentes padrões aprimorados para difundir a luz na estufa. Também aumenta a termicidade em comparação com os plásticos de cobertura padrão.
Como conseqüência natural, as lavouras apresentam MELHORIA DA FOTOSSÍNTESE, o que implica maiores rendimentos e / ou melhoria na quantidade e qualidade. Outra consequência é a melhora na saúde da lavoura desde o início da safra.

  • Atividade fotossintética: este parâmetro foi o mais importante e significativamente relevante para este ensaio. A atividade fotossintética (AF) (umol CO2 / m2 / s1) aumentou 21,5%. Além disso, a radiação PAR, juntamente com um menor valor de temperatura foliar (HT), trazem uma melhor condição da área vegetativa para a realização da fotossíntese. A concentração de CO Ch, evapotranspiração (EVA) e condutividade estomática (CS) foram maiores nas plantas sob Diamante2.
  • Morfologia da planta: as plantas sob Diamante15 apresentaram maior número de entrenó e redução na distância, o que influencia em maior produção final. A altura da planta também foi maior sob Diamante15 na maior parte do tempo de crescimento.
  • Produção: o rendimento comercial final foi de 0,25kg / m2 e o total de 0,6kg / m2, o que representa 6,5% a mais que a média de Almería.
  • Calidad: as maiores diferenças foram no peso por fruto e no diâmetro do fruto. A fruta apresentou os maiores pigmentos amarelos, o que significa qualidade visual, depois melhor qualidade comercial.

Tudo indica que os objetivos almejados com a tecnologia Diamante15 realmente funcionam no campo nas condições de Almería; obtendo resultados reais para o agricultor e nesta forma local de cultivo. Todos os parâmetros estudados levam a supor que este tipo de resultados pode ser superior em outras safras e cultivos, e seria comum para todas as estruturas de lavouras / estufas, pois o que é altamente influenciado pelo plástico Diamante15 é a atividade de fotossíntese; qual é a causa / razão inicial e básica para obter retornos mais elevados.

Atualmente, o teste continua com as colheitas de pepino, vamos mantê-lo informado sobre o progresso.

Se você quiser saber mais sobre nossos plásticos Diamante15 CONTATO

Spanish ES Portuguese PT